A Mulher que TU me deste.

A Mulher que TU me deste.

Em Gênesis 2:18-25 nos é dito que, enquanto Adão dava nome a todos os animais, não se achava para ele uma auxiliadora que lhe fosse idônea. Qual a relação entre estas 2 coisas? Imagine Adão sozinho vendo Leão e Leoa em carinhos e brincadeiras, Tigres e tigresas em carícias e ajuda mútua. Cada animal com suas fêmeas vivenciando cada segundo em todos os lugares juntos.

Deus já havia decidido antes da eternidade, é claro, que o homem teria uma auxiliadora e o homem já sentia a falta de uma companheira. Enquanto tudo era muito bom, não era bom que o homem estivesse só.

Dizem que é melhor só do que mal acompanhado mas certamente é muito melhor bem acompanhado do que só. Adão tinha carências que precisavam ser supridas. Carências e não imperfeições. Ele estava incompleto e precisava de seu complemento, de sua “outra metade”. Então Deus faz cair sobre ele pesado sono e, retirando uma de suas costelas, transformou-a numa mulher. E Deus “lha trouxe”! Deus trouxe ao homem uma companheira para os labores e lutas da vida.

Em Provérbios Salomão nos diz que “O que acha uma esposa acha o bem e alcançou a benevolência do SENHOR.” Pv 18:22. Quem, como Adão, acha, de repente, num momento da vida, uma esposa alcançou de Deus uma Graça. Assim como Eva, nossas esposas foram nos trazidas por Deus. Quem “acha” uma esposa descobre que foi Deus Quem “lha trouxe”. Com um pouco de sensibilidade podemos perceber que era impossível pensarmos em tantos detalhes importantes que carecíamos em relação ao benefício trazido por uma companheira. Tanto não era bom estarmos sós, e sentíamos e sabíamos disso, quanto precisávamos ser completados por alguém com tais e tais requisitos. O Senhor lha trouxe. O Senhor achou e nos deu de presente uma esposa por Benevolância, por Graça, por Bondade, por Vontade dEle. No Entendimento perfeito de Deus Ele não só nos permitiu que fosse exatamente esta como também exatamente assim o quis. Ao nos casarmos é-nos dito: “Aquilo que Deus uniu, não separe o homem!” E não importa em qual igreja você casou ou se nem ao menos se uniu a uma mulher religiosamente. O fato é que “Aquilo que Deus uniu, não separe o homem!”. Deus lha trouxe. Deus a criou. Deus achou pra você alguém que você não teria condição de encontrar.  “O que acha uma esposa acha o bem e alcançou a benevolência do SENHOR.”

Quando um homem abandona sua “ÚNICA” esposa ele abandona a vontade, a bondade, a benevolência de Deus para ele. Ele ateia fogo em suas vestes. Ele começa a destruir a sua vida.

Isso fica evidente pelas frequentes quedas desses homens dia-a-dia. Começam a trocar os pés pelas mãos. Começam a dar com os burros n’água. Suas vidas vão de mal a pior e o pior é que, pela falta de humildade, por orgulho, a maioria não reconhece isso. A maioria não se arrepende, não volta atrás, não reconhece que quebrou a cara ao abandonar aquela que foi lhe trazida por um Deus perfeito. Um Deus que conhece nossas carências e limitações.

Geralmente um adúltero, intimamente, sabe que sua primeira esposa era A Esposa. Com seus defeitos e problemas ela era a pessoa pra ele. Mas em sua queda profunda, metido, às vezes, em condições irreversíveis, ele não consegue ou não pode mais voltar. O Senhor lha deu e ele a desperdiçou. Ele brincou e zombou do presente de Deus. Ele achou que tinha uma idéia melhor. Satanás o fez pensar assim e ele acreditou. Parecia tão claro como o sol. Parecia.

Ele achou que não era feliz por causa dela e que seria feliz de outro modo. Talvez, como Adão, ele tenha dito ou pensado em algum momento da vida: “Foi a mulher que Tu me deste!” Como Adão temos a tendência de pensar que os outros é que são culpados dos nossos tropeços que geram a nossa infelicidade: “Deus e a mulher que Ele me deu me causaram tais males” – pensam.

Em Eclesiastes lemos que “Deus fez o homem reto, mas ele se meteu em muitas astúcias.” Deus fez e faz tudo perfeito para o benefício do ser humano mas este ser tem sempre “uma ideia melhor”. Este ser se mete em problemas porque não se contenta com o que Deus lhe dá mas está vendo muitos defeitos no presente de Deus.

O homem que poderia e deveria se alegrar no Senhor e em suas Benevolências, agora está insatisfeito buscando a realização de seus sonhos. Busca a sua “felicidade”. E ainda coloca Deus nesta busca perguntando: “Deus não quer que eu seja feliz?” Não! Deus não quer que você seja feliz naquilo que lhe trará infelicidade! Ele não quer sua alegria naquilo que lhe fará chorar e sofrer perpetuamente. Deus não quer que você seja feliz numa vida infernal. Deus não quer vida pra você permitindo que você entre num caixão. Deus não quer que você seja feliz do seu jeito. Ele quer que você seja feliz do único jeito que você pode ser feliz: obedecendo suas Leis para a Felicidade! Ele é o Criador.

O infinito foi criado por Ele. Da eternidade Ele é o Pai. Ele também nos criou e sabe totalmente o meio pelo qual seremos felizes. Ele, e somente Ele, tem o Manual para a nossa Felicidade. Não busque ser feliz do seu jeito pois você não será feliz assim.

Busque a Deus e Sua Palavra para ser Feliz. Compreenda que a mulher que Deus lhe deu traz em si um cuidado precioso e um carinho perfeito de Deus por você. Agradeça a Deus por ela. Olhe-a do ponto de vista de Deus e perceba o quanto de Benevolência para você existe neste ser imperfeito e repleto de carências que você tem ao seu lado. Deus lha trouxe. Não ouça a voz do Diabo. Ela é Graça de Deus pra sua vida. Ela é Bondade que pela vontade de Deus deverá estar junto a você quando a morte os separar. Só Deus pode separá-los e a sua felicidade depende da felicidade dela. Ame-a intensamente e agradeça a Deus: Obrigado Senhor por que, afinal de contas, e graças a Deus, foi a mulher que Tu me deste!

 

Vagner Lemos

13 Regras Infalíveis para o Marido Destruir Seu Casamento

13 Regras Infalíveis para o Marido Destruir Seu Casamento

  1. Não se preocupe com a vida espiritual de sua esposa. Não ore por ela e nem se empenhe para que ela cresça espiritualmente. Se ela está bem com Deus ou não, isso é problema dela.
  2. Jamais fale do seu amor por ela e não se empenhe em demonstrá-lo. Lembre-se: amar a esposa não é um dever como a Bíblia ensina (Ef 5.25); amar é só um sentimento involuntário. E esse sentimento já passou há muito tempo.
  3. Deixe a liderança espiritual da casa por conta da sua esposa. Ela é quem deve puxar você e os filhos para a igreja.
  4. Não tome nenhuma iniciativa para resolver os problemas ou suprir as necessidades da casa. Quando a “coisa” complicar, deixe que ela resolva.
  5. Tenha como a preocupação principal da sua vida o ganhar dinheiro. Por isso, faça muitas horas extras, economize evitando passear com a família e não perca tempo ficando à toa em casa. Lembre-se: o que importa é dar a eles um padrão de vida melhor, custe o que custar; e o sucesso no trabalho é mais importante do que o sucesso no lar.
  6. Não consulte a opinião dela para nada. O que ela acha não interessa. Quem manda na casa é você. Não é isso o que a Bíblia ensina?
  7. Critique a sua esposa incessantemente e trate-a com aspereza. Faça com que ela se sinta um lixo. Por outro lado, lembre-se de tratar outras mulheres com toda a simpatia, polidez e cavalheirismo.1Pedro 3.7é bonito, mas não funciona!
  8. Não leve a sério os sentimentos dela. Quando ela chorar por que o bolo queimou ou por que uma peça de louça quebrou, trate-a com desdém. Afinal, isso é “coisa de mulher”, não é mesmo?
  9. Nunca a elogie por nada. Diga como sua mãe cozinha melhor que ela. Elogie a beleza de outras mulheres, porém jamais repare quando ela cortar ou mudar a cor dos cabelos para lhe agradar.
  10. Jamais peça perdão a ela ou aos filhos. Pedir perdão iria diminuí-lo, torná-lo fraco e imperfeito, algo que você de fato não é!
  11. Faça prevalecer sempre sua vontade, mesmo que esteja errado. Jamais ceda ou volte atrás em suas decisões, pois admitir erros e mudar de idéia poderia ser um mau exemplo para os filhos. Papai não erra!
  12. Esqueça as datas importantes da vida de vocês como casal. Por exemplo: a data do casamento, a data do aniversário dela e o dia dos namorados.
  13. Faça brincadeiras com sua esposa em público, expondo os defeitos que ela tem e as falhas que ela comete. Constrangê-la diante das pessoas vai fazer com que você se sinta superior (e engraçadinho!).

 

Pr. Marcos Granconato e
Pr. Marcos Samuel Santos
Soli Deo Gloria

Extraído com autorização do site www.igrejaredencao.org.br/

O Amor é paciente….

O Amor é paciente….

Sejam pacientes uns com os outros.

Ser paciente é ser alguém tardio em se irar, lento em ficar com raiva. Ser paciente é levar desaforo para casa e colocá-lo aos pés de Cristo. É preferir engolir sapos para honrar a Cristo do que desonrá-lo dizendo umas “poucas e boas”. Ser paciente é dominar-se a si mesmo e não pagar mal por mal, não devolver na mesma moeda fazendo-se tão pecaminoso quanto o outro. Ser alguém que não fica frustrado quando lida com situações difíceis, com problemas.

Quando nos casamos fomos advertidos sobre a “inevitável” crise do 3º ano, talvez do 7º e, quem sabe, a do 10º ano, mas sabe de uma coisa… nunca houve essa crise pois temos lidado com nossos problemas paciente e biblicamente. Devemos amar a Deus acima de nós mesmos e então vamos relevar quase todas as coisas e viver em paz com Deus, conosco e com nosso próximo.

Uma esponja quando apertada só libera o que tem dentro. Quando apertados liberamos o que temos dentro dos nossos corações. “A boca fala….o que está no coração”. Nossa vida reflete aquilo que somos e cremos. Se a paz de Cristo estiver lá dentro de nós então, em nenhuma circunstância, sairá de nós raiva, ira, rancor, mágoa, gritaria, ofensas. Se amarmos a Deus acima de nós mesmos teremos paz e onde há paz não há crise!

Não há crise onde há o amor de Deus. Um amor paciente. Não há impaciência onde há tolerância, entendimento mútuo, e perdão. Onde há amor a Deus acima de tudo. Onde há Respeito e atitude bíblica. Sejam pacientes uns com os outros.

Senhor, amado Deus, ajuda-nos a amarmos a Ti acima de nós mesmos e assim desfrutarmos em nossos lares e igrejas da paciência que promove a paz entre nós e a Tua Glória.

Por amor a Jesus, nossa Paz.

Vagner Lemos

Pin It on Pinterest

Para solicitar um Mezuza basta inscrever-se!

Em breve nossa equipe estará entrando em contato com você!

Aguarde nosso contato!